Vidrolar

O vidro é um material muito resistente e representa sustentação na construção civil, sendo utilizado na elaboração de fachadas, corrimãos, degraus, guarda-corpos, etc. A qualidade e segurança do vidro se dá pelo seguimento de normas de instalação e aplicação regidas pela Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT), que traz a NBR 7199, referente à utilização de vidros na construção civil e o envidraçamento de guarda-corpos.

Confira as principais normas de utilização de vidro para guarda-corpos:

  1. A espessura das placas de vidro deve estar de acordo com a NBR 7199 e atender os requisitos de resistência da NBR 14.718;
  2. É vedada a utilização de massas à base de óleo e gesso na fixação do vidro;
  3. Os rebaixos devem estar livres de poeira, oxidação, umidade, gordura ou outras impurezas;
  4. As bordas das placas de vidro não podem ter contato entre si ou com peças metálicas e de alvenaria. Recomenda-se a utilização de baguetes na face de dentro do guarda-corpo de vidro, a fim de facilitar a manutenção e amplificar a segurança;
  5. As guarnições de borracha ou elastoméricas em EPDM para vedação devem se adaptar facilmente as possíveis dilatações, vibrações e deformações que podem resultar das ações mecânicas ou da exposição ao tempo.

Aplicações em guarda-corpos

Além dos itens citados acima, uma das normas aplicadas para a fabricação de guarda-corpos é a utilização de vidro laminado (ou temperado laminado) ou aramado.

  • Laminado: é formado por duas ou mais lâminas de vidro, fortemente interligadas por uma ou mais camadas intermediárias. Em caso de quebra, os cacos permanecem presos a essa camada, impedindo a abertura do vão e, assim, reduzindo o risco de acidentes e ferimentos e mantendo a área fechada e segura até realizar a substituição do vidro.
  • Aramado: é o vidro impresso translúcido com uma rede metálica de malha quadriculada incorporada a sua massa. Em caso de quebra, essa rede “segura” os estilhaços de vidro e reduz os riscos de ferimentos.

A norma NBR 7199 também permite a aplicação do vidro insulado (duplo), composto por duas ou mais peças de vidro, intercaladas por uma câmara cheia de ar ou gás desidratado. Entretanto, o sistema de envidraçamento insulado nesse tipo de instalação deve ser composto por vidro laminado ou aramado.

Quanto ao vidro temperado, apesar de ser cinco vezes mais resistente que os vidros comuns, não deve ser usado sozinho em guarda-corpos! A aplicação deste somente deve ser feita se for laminado, pois deve exercer a função de conter os fragmentos em caso de quebra.

Instalação

O processo de instalação do guarda-corpos é tão importante quanto a escolha do vidro adequado a ser aplicado, por isso, confira algumas dicas fundamentais:

  • Analise o tipo de ancoragem para utilizar os fixadores recomendados;
  • Atente-se à altura mínima de 1,1 metro do piso;
  • Faça uma medição milimétrica e defina previamente os pontos de perfuração;
  • Utilize um gabarito com placa de MDF para simular;
  • Atente-se, também, à profundidade mínima de 70 mm para penetração dos elementos de fixação ao concreto.

O vidro é produzido com alta qualidade e resistência para oferecer a máxima segurança aos usuários, mas, para garantir tal proteção, é necessário respeitar todas as normas referentes aos processos de medição, instalação e fixação.

Consulte a Vidrolar para receber o melhor produto e as melhores orientações para o desenvolvimento do seu projeto!

plugins premium WordPress