Vidrolar

O vidro tem total importância na qualidade e funcionamento do refrigeradores. As soluções a partir dele, garantirão muitos dos resultados perseguidos para esses equipamentos, como redução do consumo de energia, dos efeitos de condensação, adequada iluminação e vedação.

Conheça alguns desses vidros

  1. Vidro duplo
    Um conjunto de dois vidros separados por uma camada de ar ou gás, conferindo redução na propagação de som, na entrada de calor, é largamente utilizado na porta dos freezers e refrigeradores.
  2. Vidro aquecido
    Para aplicações que necessitam de controle da condensação passiva e bom desempenho térmico, com baixa emissividade e aparência incolor neutra. Sua eficiência vem de uma camada de óxido pulverizada de forma contínua sobre o vidro durante o processo de fabricação. Energizados, garantem o máximo de desempenho no controle do isolamento térmico.
  3. Vidro laminado
    O vidro laminado é composto por duas chapas de vidro intercaladas por uma película plástica de grande resistência (PVB – Polivinil Butiral), o que permite em caso de quebra, que os cacos fiquem presos na película de PVB, evitando ferimentos e mantendo a área fechada até que a substituição do vidro seja realizada.
  4. Vidro temperado
    O vidro temperado recebe um tratamento térmico (é aquecido e resfriado rapidamente) que o torna mais rígido e mais resistente à quebra. Em caso de quebra produz pontas e bordas menos cortantes, fragmentando-se em pequenos pedaços arredondados.
  5. Vidro Curvo
    O processo de curvatura consiste em colocar o vidro float sobre um molde (matriz), num forno a uma temperatura média de 650ºC, por meio de gravidade. Em seguida, o vidro é resfriado lentamente para evitar tensões internas. O vidro curvo proporciona flexibilidade na otimização dos espaços e exposição dos produtos.
  6. Vidro Serigrafado
    É feita a aplicação de uma tinta vitrificante (esmalte cerâmico) no vidro comum, incolor ou colorido na massa. Em seguida esse vidro passa por um forno de têmpera onde os pigmentos cerâmicos passam a fazer parte dele. Ao final do processo, obtém-se um vidro temperado com textura extremamente resistente, inclusive ao atrito com metais pontiagudos.
  7. Vidro com impressão digital
    Utiliza como tinta o esmalte cerâmico, que permite vitrificar qualquer imagem ao vidro. Após pintado o vidro passa por processo de têmpera ou curvação, podendo ser aplicado nas versões: monolítico, laminado ou insulado. Sua principal característica é a durabilidade da qualidade da imagem.

Especialista no beneficiamento desses vidros, o que a Vidrolar faz é entender seu projeto e assim propor a melhor solução, incorporando-se ao seu processo de produção de forma bastante eficiente.

plugins premium WordPress