Vidrolar

A prototipagem é a simulação de uma ideia, sendo uma forma de testar atributos, diminuir riscos e o investimento e, de modo geral, validar uma ideia antes de colocá-la em prática.

Prototipar consiste, basicamente, em criar um protótipo de algo que deseja produzir, ou seja, criar uma representação para testar o funcionamento de uma invenção. Para isso, não é necessário ter a ideia em estágio avançado, pois, de certa forma, a prototipagem é o esqueleto de uma ideia, que deve ser usado como material de apresentação destinado às pessoas interessadas e aos possíveis investidores do projeto.

Então, para que a prototipagem seja ainda mais eficiente, é ideal que seja aplicada em cada etapa do projeto. Sendo interessante fabricar um modelo em cada um dos processos que permitam testar uma funcionalidade, mas não precisa investir muito, de forma que o teste seja barato, prático e cumpra sua única função, que é avaliar. E, com isso, é possível colher as vantagens da prototipagem:

  • Testes controlados

Prototipar traz o cenário ideal para testar a usabilidade e a funcionalidade da ideia, sendo que, a usabilidade refere-se ao princípio da experiência do usuário e, a funcionalidade refere-se ao cumprimento do objetivo do projeto.

  • Feedbacks

Apresentar o protótipo de uma ideia é a oportunidade para receber um retorno e compreender os pontos que precisam ser melhorados, a fim de aprimorar a solução.

  • Economia de recursos

Testar a ideia antes de investir é uma ótima forma de economizar tempo e dinheiro, pois, assim, pode alterar ou descartar projetos que não irão, de fato, trazer soluções.

Além dessa metodologia, há várias outras e, entre as mais conhecidas da atualidade, estão 1) Design Thinking, que consiste no desenvolvimento de produtos e serviços focados nas necessidades, desejos e limitações dos usuários; 2) Lean Startup, que consiste em um trabalho de identificação e eliminação de desperdícios nos processos e 3) Ágil, que tem como função aprimorar o processo de desenvolvimento de um produto ou serviço, propondo alternativas à gestão de projetos tradicionais.

A principal função do Design Thinking é entender o que o cliente precisa e desenvolver soluções para as necessidades, por isso, essa metodologia é dividida nas seguintes etapas não-lineares: empatia, definir, idear, prototipar, testar e implementar. O objetivo desse processo é converter dificuldades e limitações em benefícios para o cliente e valor de negócio para a empresa.

A Lean Startup pode ser traduzida como startup enxuta, ou seja, traz o conceito de simplificação e de manter apenas o necessário e que vai, de fato, agregar e solucionar.

A metodologia Ágil traz uma abordagem capaz de incrementar interações, tornar processos mais eficientes, agilizar o fluxo de trabalho e trazer inovação à gestão de projetos, a fim de fazer entregas com rapidez e com maior frequência, conforme surgem as necessidades do cliente.

Essas metodologias incentivam uma mentalidade mão na massa e a realização testes e aprimoramentos regulares. Independente da escolha, há uma certa combinação nesse domínio da prototipagem: conhecimento do objetivo, criatividade, iniciativa, talentos variados e muita persistência. E, na Vidrolar, temos isso de sobra! Então, se tem ideais para soluções de refrigeração que envolvem vidros, nos chame. Vamos te ajudar a sair do abstrato e concretizar essa ideia!